Diário da Be My Friend Tour – Dia 6

O início do dia, que se apresentou muito solarengo, foi em Beja. A 1ª sessão deste 6º dia de tour teve lugar na Associação Cantinho dos Animais de Beja. Acolhidos estão cerca de 90 patudos, alguns pedidos de ajuda de famílias, alguns apanhados nas ruas e outros, muito infelizmente, largados e abandonados à porta da associação.

Nesta sessão foi possível fotografar cerca de 43 animais e 9 cachorrinhos de 1 mês e meio que fazem as delícias de quem ali doa o seu tempo. Esta associação vive só do trabalho dos voluntários que dão tanto do seu tempo como do seu coração para cuidar dos animais que ali vivem temporariamente.

 

Cantinho dos Animais de Beja

A 2ª sessão do dia aconteceu em Castro Verde, na associação Os Rafeiritos. Com cerca de 30 animais, esta associação existe graças à generosidade de uma senhora que há muito abriu as portas da sua casa para acolher alguns cães e que viu, com o tempo, o número a crescer e o espaço que estes ocupam igualmente a expandir.

Conseguiram-se fotografar 28 patudos e, também aqui, havia uma ninhada de 8 cachorrinhos de 1 mês, que só deu vontade de meter uns quantos no bolso e levar para casa.

 

Rafeiritos do Alentejo

Louvar o trabalho e dedicação de quem dedica a sua vida a ajudar os animais, a cuidar deles, a protegê-los, a dar-lhes voz é pouco. O dar de si para não receber nada em troca, ou melhor, ficar feliz com o carinho que os animais dão em reconhecimento do que recebem, não é para todos. É preciso ser-se muito especial e trazer em si muita bondade.

Um obrigada aos voluntariados destas associações e canis, pelo país fora, que tão bem tratam dos nossos bichinhos.

 

 

Partilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.